Seja participante do chamado celestial, fixe os seus pensamentos em Jesus, apóstolo e sumo sacerdote que você confessa. Ele foi fiel àquele que o havia constituído, assim como Moisés foi fiel em toda a casa de Deus.

Jesus foi considerado digno de maior glória do que Moisés, da mesma forma que o construtor de uma casa tem mais honra do que a própria casa, pois toda casa é construída por alguém, mas Deus é o edificador de tudo. Moisés foi fiel como servo em toda a casa de Deus, dando testemunho do que haveria de ser dito no futuro, mas Cristo é fiel como Filho sobre a casa de Deus; e esta casa é você, se é que se apegou firmemente à confiança e à esperança da qual nos gloriamos.

Assim, como diz o Espírito Santo: “Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como na rebelião, durante o tempo de provação no deserto, onde os seus antepassados tentaram a Deus, pondo-o à prova, apesar de, durante quarenta anos, terem visto o que Deus fez. Por isso Deus ficou irado contra aquela geração e disse: Os seus corações estão sempre se desviando, e eles não reconheceram os meus caminhos.
Assim jurei na minha ira: Jamais entrarão no meu descanso”.

Cuidado, para que você não tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo.
Pelo contrário, encoraje outros todos os dias, durante o tempo que se chama “hoje”, de modo que ninguém seja endurecido pelo engano do pecado, pois você passou a ser participante de Cristo, desde que, de fato, se apegue até o fim à confiança que teve desde o princípio. Por isso é que se diz: “Se hoje vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como na rebelião”.

Quem foram os que ouviram e se rebelaram? Não foram todos os que Moisés tirou do Egito? Contra quem Deus esteve irado durante quarenta anos? Não foi contra aqueles que pecaram, cujos corpos caíram no deserto? E a quem jurou que nunca haveriam de entrar no seu descanso? Não foi àqueles que foram desobedientes? Vemos, assim, que foi por causa da incredulidade que não puderam entrar na Terra Prometida.

Nos foi dada a promessa de entrarmos na Terra Prometida, no descanso de Deus, e eu temo que você algum dia ache que essa promessa falhou. As boas novas foram pregadas também a você, tanto quanto a eles; mas a mensagem que eles ouviram de nada lhes valeu, pois não foi acompanhada de fé por aqueles que a ouviram.
Pois você é que entrará naquele descanso, na Terra Prometida, já que crê.

Todo aquele que entra no descanso de Deus, também descansa das suas obras, como Deus descansou das suas. Esforce-se por entrar nesse descanso, para que não venha a cair, seguindo aquele exemplo de desobediência.

A Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do seu coração. Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem você prestará contas.

Você tem um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus. Apegue-se com toda a firmeza à fé que você professa, pois você não tem um sumo sacerdote que não possa compadecer-se de suas fraquezas, mas sim alguém que, como você, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.

Assim sendo, aproxime-se do trono da graça com toda a confiança, a fim de receber misericórdia e encontrar graça que te ajude no momento da necessidade.

 

Parafraseado de Hebreus  3 e 4.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s